Cinturão de Fótons e os Sintomas da Ascensão

Padrão

Cinturão de Fótons

https://maitreyah.files.wordpress.com/2010/11/cinturc3a3o.jpg?w=300

O que é

O sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação de Plêiades que está a 500 anos-luz da Terra. Esta foi a conclusão dos astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos. Nosso Sol é, portanto, a oitava estrela da constelação – localizada a aproximadamente 28 graus de Touro – e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione, movimento terrestre também conhecido como Precessão dos Equinócios.
A divisão desta órbita por doze resulta em 2.160, tempo de duração de cada era “astrológica” (Era de Peixes, de Aquário, etc). Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de Cinturão de Fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética, algo que ainda se desconhece na Terra. Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, a descoberta do cinturão de fótons marca o início de uma expansão de consciência além da terceira dimensão. A ida do homem à Lua nos anos 60 simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o cinturão.
A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos no anel de fótons, ficando mais próximo de Alcione. A última vez que a Terra passou por ele foi durante a “Era de Leão”, há cerca de doze mil anos. Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos dentro deste disco de radiação. Todas as moléculas e átomos de nosso planeta passam por uma transformação sob a influência dos fótons, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão. Talvez por isso os hinduístas chamem de “Era da Luz” os tempos que estão por vir…
Desde 1972, o Sistema Solar vem entrando no cinturão de fótons e em 1998 a sua metade já estava dentro dele.
A Terra começou a penetrá-lo em 1987 e está gradativamente avançando, até 2.012, quando vai estar totalmente imersa em sua luz. De acordo com as cosmologias maia e asteca, 2.012 é o final de um ciclo de 104 mil anos, composto de quatro grandes ciclos maias e de quatro grandes eras astecas. Humbatz Men, autor de origem maia, fala em “Los Calendários” sobre a vindoura “Idade Luz”. Bárbara Marciniak, autora de “Mensageiros do Amanhecer”, da Ground e “Earth”, da The Bear and Company e a astróloga Bárbara Hand Clow, que escreveu “A Agenda Pleiadiana”, da editora Madras, receberam várias canalizações de seres pleiadianos. Essas revelações falam sobre as transformações que estão ocorrendo em nosso planeta e nas preparações tanto física quanto psíquicas que precisamos nos submeter para realizarmos uma mudança dimensional. Segundo as canalizações, as respostas sobre a vida e a morte não estão mais sendo encontradas na terceira dimensão. Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma.
Desde a década de oitenta, quando a Terra começou a entrar no Cinturão de Fótons, estamos nos sintonizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione, estrela de quinta dimensão, zona arquetípica de sentimentos e sonhos, onde é possível o contato com planos mais elevados, a quarta dimensão é emocional e não física.
As idéias nela geradas influenciam e detonam os acontecimentos na terceira dimensão, plano da materialização. Segundo as canalizações, a esfera quadri-dimensional é regida pelas energias planetárias de nosso sistema solar, daí um trânsito de Marte, por exemplo, causar sentimentos de poder e ira. Para realizar esta expansão de consciência é preciso fazer uma limpeza, tanto no corpo físico como no emocional, e transmutar os elementais da segunda dimensão a nós agregados, chamados de miasmas. Responsáveis pelas doenças em nosso organismo, os miasmas são compostos de massas etéricas que carregam memórias genéticas ou de vidas passadas, memórias de doenças que ficaram encruadas e impregnadas devido a antibióticos, poluição, química ou radioatividade. Segundo as canalizações, esses miasmas estão sendo intensamente ativados pelo Cinturão de Fótons. Os pensamentos negativos e os estados de turbulência, como o da raiva, também geram miasmas, que provocam bloqueios energéticos em nosso organismo. Trabalhar o corpo emocional através de diversos métodos terapêuticos – psicológicos, astrológicos ou corporais – ajuda a liberar as energias bloqueadas.

Os fótons funcionam como purificadores da raça humana e através de suas partículas de luz, às quais estamos expostos nos raios solares, dentro em breve estaremos imersos nesta “Era de Luz”, depois de 11 mil anos dentro da Noite Galáctica ou Idade das Trevas, como os hindus se referiam a Kali Yuga. Como um sistema de reciclagem do Universo, o Cinturão de Fótons inicia a Era da Luz. Existem diversas formas da humanidade intensificar sua evolução, desenvolvendo um trabalho de limpeza dos corpos emocionais, com o uso de terapias alternativas, como florais, Yoga, Sahaja Maithuna (meditações), musicoterapia, cromoterapia entre muitos outros. São terapias e práticas que trabalham com a cura dos corpos sutis, evitando que muitas doenças sejam desenvolvidas antes mesmo de alcançar o corpo físico, além de curar outras já instaladas. Cada partícula vai se alojando em todos os cantinhos de nosso planeta trazendo a consciência (Luz), a Verdade, a Integridade e o Amor Mútuo.
Cada um de nós tem um trabalho individual para desenvolver aliado ao trabalho de conscientização da humanidade. Os corpos que não refinarem suas energias não conseguirão ficar encarnados dentro da terceira dimensão, pois a quarta dimensão estará instalada. E todos nós redescobriremos a nossa multidimensionalida de e activaremos nossas capacidades adormecidas dentro da Noite Galáctica.

Versão “Esotérica/Maia/Confederação Ashtar” até então recebida pelos céticos como algo fantasioso:

Imagem Real tirada pelo Telescópio Fermi – NASA (10/11/2010)

A inteligência da Terra será catalizada para toda a Via Láctea. Todos estes acontecimentos foram registrados no Grande Calendário Maia, que tem 26 mil anos de duração e termina no solstício de inverno, no dia 21 de dezembro de 2012 dC, que marca a entrada definitiva da Terra dentro do Cinturão de Fótons por 2000 anos ininterruptos.

Importância Espiritual e Consciência Crística

Esse predomínio de trevas, tem um propósito. Os poderes Divinos, de comum acordo com aqueles de nós que foram escolhidos, concordaram em criar um mundo de negatividade (trevas) e polaridades. Isso para uma melhor compreensão da verdadeira natureza da negatividade.

O Planeta Terra, como um planeta especial, foi o veículo escolhido para recolher, assimilar e transformar toda a negatividade do Sistema Solar. Através de nossas experiências individuais e coletivas, pensamentos, ações e reações, o Criador pode experienciar e dominar as complexidades e perigos das trevas. Desta forma, devemos entender que o Cinturão de Fotons e a vibração manásica são veículos de transformação e transmutação. Constituem uma barreira protetora para que nenhuma negatividade saia da Terra contaminando os níveis superiores. Presidindo, tudo isso, está o Cristo e suas energias Crísticas. Se estivermos em harmonia com essas energias, a medida que o Cinturão de Fotons se aproxima, poderemos escapar de suas influências e da negatividade do Planeta.

Não nos recordamos, mas concordamos com essas experiências. Escolhemos vir para cá e nos propusemos a auxiliar na compreensão e domínio dessa negatividade, dessa energia supressora. Nem todos conseguem aprender rapidamente, alguns são resistentes, por esse motivo, muitos devem voltar várias vezes, até conseguirem. Assim, a cada cilco, cerca de um terço da população tem êxito nessa missão.

Cristo e as energias Crísticas são mensionados em vários escritos antigos. As profecias maias afirmam: “o governo, a ciência e a religião, entrarão em colápso. A não ser que estejam preparados para aceitar e facilitar a consciência Crística”. – Na Bíblia está escrito: “separarei o joio do trigo, as ovelhas das cabras”. Podemos compreender como, a medida que o Cinturão de Fotons e suas conseqüências se aproximarem, a humanidade será dividida. Aqueles que aceitarem a consciência Crística vindoura, as verdades sagradas serão o trigo. Os que não aceitarem, serão o joio. Tudo que for negativo, arcaico e obsoleto, sucumbirá.

Temos a oportunidade de alcançar a verdadeira realidade. Cumprir nossa tarefa, dominando a negatividade e libertando-nos dela assim como das ilusões, polaridades, julgamentos, ódio, avareza, egoísmo, cobiça, inveja, criminalidade e guerras. A escolha é de cada um: entrar em sintonia com as energias Crísticas e voltar para casa ou, caso contrário, continuar num mundo de Terceira Dimensão, morrendo e reencarnando, tentando novamente o aprendizado de luz e o domínio da negatividade.

O Cinturão de Fotons traz também a passagem do Planeta para a Quarta Dimensão, assim como outros planetas ascensionarão. Conforme a lei cabalística: “Como é em cima , assim é em baixo; como é em baixo, assim é em cima”. Depois de 2.005 (cinco anos de Cinturão de Fotons), atingiremos a Quinta Dimensão. Segundo os Livros Perdidos da Bíblia, (versão original e integral da Bíblia atual), o “segundo advento do Cristo, ocorrerá no ano de 2.005”.

A transformação deverá ser de corpo e consciência, numa freqüência mais alta e mais intensa. Temos que realinhar nossa atual consciência. Reconhecermo-nos na energia Crística entrante, norteando-nos com equilíbrio, luz, amor e perdão.
Os nossos pensamentos são mais reais do que nosso corpos físicos, devem ser, controlados e especificamente dirigidos. Somos o que pensamos e naquele momento, nos tornamos um livro aberto. Não conseguiremos mais esconder a maldade, desonestidade, luxúria ou o ódio. Nossos pensamentos serão projetados e todos poderão ver e ouvir. Dessa forma devemos retificar imediatamente, qualquer pensamento negativo, com amor, luz e perdão. Para evitarmos as penalidades inerentes ou, até mesmo, uma possível expulsão da realidade da Quarta Dimensão, de volta para a Terceira.

Mudanças na Terra


As conseqüências do Cinturão de Fotons, acontecerão não só com as pessoas, mas com todo o Planeta. Tudo será desarranjado para posterior reordenamento. Somente será poupado o que estiver em consonância com a consciência Crística Divina. Muitas mudanças já estão acontecendo como: terremotos, maremotos, vulcões reativados, tufões, fortes alterações climáticas, etc.

Nosso Planeta, percorrendo hoje o espaço, tem uma velocidade calculada em cerca de 28.000 km/h. Quando entrarmos no Cinturão de Fotons, alcançaremos uma velocidade de até 335.000 km/h. Haverá uma inversão dos polos magnéticos: de uma rotação sentido horário, para o sentido anti-horário, aumentando, assim, a rotação do Planeta assustadoramente. Essa vertiginosa aceleração comprimirá o tempo e o espaço de forma inimaginável.

Nosso Sistema Solar gira em sentido anti-horário ao redor do Cinturão de Fotons. A Terra gira, em torno de si mesma, no sentido horário (rotação) e ao redor do Sol no anti-horário (translação). Quer dizer, o Planeta está no anti-horário, em torno do Sol e também do Cinturão de Fotons (negativo + negativo = positivo). O Planeta Terra está no negativo porque gira sentido horário em torno de si mesma, portanto estamos com a polaridade invertida.

O Sistema Solar está em interação, com o Cinturão de Fotons, a mais de três anos. A Terra começa, a partir de novembro de 1.999, entrar na faixa dos fotons, da radiação manásica. Muitas pessoas não vão aguentar as conseqüências, pois não estão devidamente preparadas.

Os seres extraterrestres, já avisaram os governos a muito tempo, mas eles ocultaram e não informaram as pessoas. Agora, os seres estão passando essas informações diretamente para as pessoas mas, infelizmente, não haverá tempo suficiente para chegar ao conhecimento de todas. Há uma década que falamos sobre o Cinturão de Fotons e só a mais ou menos dois anos é que esse assunto foi divulgado em uma revista. A ciência, como os governos, não está interessada nessa divulgação, mas os fenômenos estão acontecendo e vão se intensificar cada vez mais. Quanto aos meteoros, que cairão na Terra, os maiores estão previstos para 1.999, 2.002, 2.006, 2.014 e 2.027.

A atuação do Cinturão de Fotons, dura 4.000 anos. Pode trazer conseqüências positivas ou negativas, dependerá muito do ser humano. Já aconteceu com civilizações extintas como a dos egípicios, maias, atlantas e dos que viveram na época de Noé.

A verticalização da Terra será outro fator que vai gerar grandes transformações. Causará enchentes, degelo do polo, o nível dos oceanos subirão rapidamente, semelhante ao acontecido no dilúvio. Muitas pessoas sucumbirão. Conforme as profecias, apenas um terço da população será salva (livres do Cinturão de Fotons). São aqueles que fazem parte do Plano Dimensional e, consciêntes ou não, tiveram um compromisso cósmico (missão). Estarão livres dos raios gama, mas precisam despertar e aprender a manipulação da sua energia.

Essas transformações serão imprescindíveis para a purificação e graduação do Planeta. Quanto a nós, a graduação é uma questão individual de progresso físico, espiritual e mental.

Os seres estão preparando locais para abrigar aqueles que não estiverem preparados para ascensionar. Da mesma forma existe um planeta aproximando da Terra que a substituirá. Ele permanecerá na terceira dimensão e servirá demorada aos que vivenciarão mais 10.500 anos de trevas, reiniciando seu aprendizado de luz.

Mudança nas Pessoas

O Cinturão de Fótons é uma alta frequência de luz, de Raios Gama, a qual nossos corpos vêm se adaptando aos muitos “sintomas de ascensão”, os quais são fortemente sentidos pelo corpo.
Como recipientes de luz, ao recebermos os Raios Gama em nossos corpos limpos, nossas moléculas se tornam cada vez mais excitadas e adentramos a vivência da Era do Ser, ativando o lado direito do cérebro para fazermos a passagem à Nova Era de Luz que está nos colocando em um novo estado de consciência de dimensão elevada.

Nestes tempos mágicos, nos sentimos impelidos às limpezas necessárias impostas pela entrada dos raios gama, os quais também funcionam como um dispositivo de memória, da necessidade de limparmos a toxidade de memórias que sejam menos do que amor, de agregarmos as nossa partes, aspectos menos luminosos de nossas experiências dimensionais e integrarmos à luz do nosso Eu Superior, pelo caminho do amor e do perdão.

Nesta travessia rumo ao Coração da Espiral de Luz Fotônica, entraremos através do que é chamado de Zona Nula, então, atravessaremos os 3 dias de escuridão planetária; pois o sistema solar estará imerso nesta Zona, havendo um colapso dos campos elétrico e magnético do Planeta, o que irá permitir que os átomos da Terra sejam mudados, assim como, os átomos de nossos corpos que tambem passarão por esta mudança, para uma nova forma física mais luminosa, caindo tambem o véu e emergindo a consciência, aflorando os nossos dons psíquicos ativados pelo Efeito Fóton e revelando completado o retorno do Planeta à maravilhosa Nova Era de Luz, de potencial total de consciencia.

Teremos, então, adentrado a Era da Unidade, com nossos Irmãos e Irmãs das Estrelas, em unidade com a Hierarquia Espiritual, e em cooperação com os Reinos da Natureza e com os nossos Irmãos Cetáceos Co-Guardiões do Planeta. Estaremos todos compartilhando esta vibrante experiência, nesta dimensão, no Coração da Espiral Fotônica. Então, esta será a realidade em que estaremos em um Novo Sonho com Irmãos e Irmãs de muitas dimensões em cooperação de criação deste novo sonho, no qual entenderemos que não somos a substãncia sólida, mas sim, a substância do amor que cria a realidade na qual existimos.

Nos abriremos para a percepção de outras dimensões, experenciando novas oitavas de luz e enquanto adentramos as novas frequências, experenciaremos a integração das novas faixas vibracionais de luz disponíveis, vibrando harmoniozamente nestas novas frequências. Este é o Salto Dimensional tão esperado pela humanidade, codificado em nosso DNA com os códigos de despertar como as frequências 11:11 e 12:12, Portais Dimensionais de abertura Consciencial, para que possamos relembrar o nosso movimento em espiral no retorno ao centro.

O que temos a fazer é, conscientemente, buscarmos as limpezas e curas para as nossas memórias menos do que amor, adentrando nossos Portais Sagrados, em nossos Corações, realinhando também nossas mentes, nos conectando ao nosso Eu Superior, preparando nossos corpos para receber a fusão com nosso Eu Superior e Mente Superior, vivenciando nossas jornadas em benção, alegria e pureza do Amor Incondicional. Seu Eu Superior é a sua Família das Estrelas que está pronta a guiá-lo de volta ao caminho do Paraíso na Terra.
Nossos corpos serão rearranjados e realinhados:

– Os chakras passarão de 07 para 12 ou 13;
– Aumento dos filamentos de ADN de 02 para 12 ou 13;
– Equilíbrio das energias femininas e masculinas;
– Aceleração de nossos átomos conforme o grau de luz e da consciência entrante;
– A nossa Glândula Pineal voltará ao seu tamanho de origem (passando do tamanho de uma ervilha ao equivalente a uma moeda de 25 centavos, aproximadamente.
O Bombardeamento de raios gama no átomo transformará elétrons e prótons em prósiton. Isso alterará toda a estrutura atômica, pois o átomo em interação com o foton deixará sua estrutura semelhante a desses fotons. Nosso elétron tem uma carga inferior a do prósiton. Essa interação de antimatéria com o nosso elétron provocará uma mu

dança de negativo para positivo. Muda a polaridade mas a carga continua igual. Dobra a potência, porém a diferença entre protons e elétrons, continuará a mesma.

Essa transição faz com que nossas ondas cerebrais funcionem de maneira uniforme. Essa potencialização, provocará uma ampliação de nossa aura, do nosso campo energético. A interação com o Cinturão de Fotons, acontecerá, também no nosso metabolismo, como nos campos energético e fisico, provocando uma mudança geral. Aceleração do pensamento num rítmo que o corpo não consegue acompanhar. Ficam sem sincronia. Para se corrigir essa diferença, é importante fazermos alguns exercícios mentais. Temos que alterar nosso metabolismo, nos imunizando contra doenças. A nossa vibração vai alterar o campo energético dos que estão a nossa volta (família, amigos), despertando e preparando-os para essa interação.

As pessoas com a freqüência cerebral abaixo de Beta, estrão vulneráveis a essas micropartículas descargas positivas que vão interagir em nossas células. Como conseqüência, haverá um significativo aumento de ataques cardíacos fulminantes, doenças do coração em geral, tumores malígnos, mortes súbitas de causa desconhecida e outros casos de igual gravidade.
A proximação do Cinturão de Fotons, já está causando, levemente, essa interação. Alguns veículos, do nosso cotidiano, auxiliam na atuação desses fotons nas pessoas (telefone celular, televisão e o computador). O celular, como a energia magnética é mais intensa que os demais aparelhos, joga esse fotons com mais facilidade. Para usufruirmos disso de forma benéfica, a vibração energética é essencial.

Preparação das Pessoas

Para passarmos pelo Cinturão de Fotons e livrarmos dos raios gama, temos que estar com a freqüência cerebral acima de Beta (mais de 17 ciclos por segundo). Temos que buscar a evolução e preparação, não só para “escapar”, mas também para ajudarmos o maior número possível de pessoas. O controle, emocional e mental, é imprescindível para alcançarmos a imunização.

Para que tenhamos a vibração adequada e energia aproriada, é que o nosso DNA está sendo alterado com o complemento GNA. Com o GNA ativo, poderemos atuar numa freqüência acima de Beta, vibraremos no Mental Superior. Por isso os seres nos orientam para acelerarmos nossa freqüência cerebral.

Quem estiver preparado, com vibrações positivas, poderá também auxiliar outras pessoas, pois vão interagir nas vibrações dos que estão por perto. Num grupo grande, havendo seis “preparados”, poderão transmutar a energia de todos. É um trabalho de solidariedade e fraternidade.

Além da nossa “missão”, entrentaremos situações adversas, tais como:
– A descrença e o menosprezo das pessoas céticas;
– A influência dos seres negativos que tentarão atuar em nossas mentes, no plano Astral.
– Nós mesmos, com nossa insegurança, medos, traumas ansiedade, etc.
Temos que nos libertar dos sentimentos que impedem nosso crescimento, de acreditar em nosso potencial energético ou de aceitar as mudanças que acontecerão.

Visão Cósmica do Advento

Merkabah e o Cinturão de Fótons

Vamos agora falar um pouco sobre Cinturão de Fótons.
Em termos científicos a Era Dourada também conhecida como os 2.000 anos de Luz, é chamada Cinturão de Fótons.

A radiação que a acompanha é a Radiação Manásica e, em termos espirituais podemos considerar essa Era Dourada como Luz representativa do local da Morada do Cristo Cósmico.

O Cinturão de Fótons está numa consciência de 5ª dimensão***. Para alcançarmos sua vibração precisamos dominar a 3ª* e a 4ª dimensões** e tudo o que elas significam, ou seja, temos que controlar e treinar os seis requisitos básicos, que são:

1. Amor
2. Perdão
3. Controle (disciplina, persistência, fé e autovigilância constantes).
4. Não julgamento
5. Medo (dúvida, culpa, insegurança).
6. Pensamento (cultivar apenas pensamentos positivos).

Merkabah seria o instrumento que mede nossa Consciência Individual e Planetária, e que determinará quantos estão prontos para ascensionar para a Era Dourada, para a Luz e Consciência Crística. Esta última é o Merkabah – ou Nave Consciência – único veículo que independe do tempo-espaço, já que é livre por sua condição de Consciência Crística adquirida.

Em nosso Sistema, 11 dos 12 planetas já se encontram prontos para adentrar no Cinturão, faltando apenas o nosso.

O Merkabah é composto pelas inteligências combinadas dos 24 anciãos, conhecidos como os Deuses da Mudança, que funcionam como um conselho Crístico.
O Merkabah destina-se a avaliar as consciências, habilitando formas distintas de inteligência, integrando-as periodicamente ao nível superior seguinte de consciência, quando for conveniente.

Este é um processo contínuo em todos os universos.
O Merkabah visa, basicamente, identificar as consciências prontas para ascensionar, o que hoje deve chegar a 1/3 da população mundial.
Assim, Merkabah e Cinturão de Fótons estão intimamente ligados e os 24 anciãos juntamente com Cristo, determinarão e selecionarão os seres aptos à ascensão, da 3ª e 4ªpara a 5ª dimensão. Esta seleção formará uma massa de consciência coletiva, que através do veículo Merkabah, ascensionará para a 5ª dimensão.

Agora, nada disso se dará caso não façamos a nossa parte que é transformar nosso corpo físico num corpo de Luz, como fez Jesus na Ressurreição.
Temos de ancorar no físico a nossa Luz armazenada em nosso Espírito, Eu Superior ou Divina Presença EU SOU. Realizaremos isto conscientemente através de tudo que já foi mencionado: Meditação, Silêncio Interno, Visualizações, mas principalmente através da nossa conduta. A dificuldade maior que encontramos está no fato de estarmos habituados a viver num mundo de ilusões, de não-realidade.
O objetivo do Merkabah é determinar quem de nós percebeu que está vivendo uma ilusão, tendo a consciência de estar sendo enganado pelos sentidos físicos (que levam à percepção errada do que é realidade e por isso nos levam a crer no ilusório), e quem está pronto para romper com tudo isto!

Ë mais ou menos o que acontece com os tripulantes da Nave U.S.S. Enterprise da série Jornada nas Estrelas, onde existe um setor da nave conhecido como holodeck.
Trata-se de um ambiente onde são colocadas situações através de uma recriação computadorizada em realidade virtual, onde os tripulantes vão para relaxar, vivendo as situações que criam em suas mentes. Só que às vezes o sonho pode virar pesadelo… Ocasionalmente, um ou mais membros da tripulação ficam tão envolvidos na recriação que alguém precisa entrar no holodeck para tirá-lo de lá!

O Comandante Ashtar Sheran nos diz em suas mensagens:
A mente de vocês desfrutou, emocionou-se, brincou e fugiu de terror nos programas de holodeck da Terra, mas foram vocês que escolheram e criaram os programas que estão experienciando. Também podem optar por interromper, mudar ou escolher outro programa. Quando descobrirem o segredo que está por trás do reflexo da criação desses mundos de mentirinha da dualidade, escolherão sair completamente do holodeck. Há um mecanismo a prova de erros que garante que vocês descobrirão o segredo e sairão do programa; portanto não se preocupem, pois isso é inevitável.
Que alívio, não!?…

O Merkabah tem uma natureza cíclica, acessando a consciência planetária ao final de cada ciclo que dura 26.000 anos aproximadamente. O atual ciclo se encerra por volta do ano 2.012…
Quando isto acontecer teremos de estar prontos, conscientes, vivendo e seguindo as orientações de nossa Luz Interna – sendo deuses e deusas em Ação na Terra!
O tempo está próximo, por isso, os acontecimentos nas vidas individuais, nacionais e mundiais estão tão acelerados.

Somos um planeta privilegiado, onde funcionamos com modelos de papéis criativos.
O Pai escolheu a Terra para provar o lado sombrio, a dualidade, cuja experiência acarretou para nós a amnésia de nosso registro akáshico, gerou ilusões, etc…
Somos o único planeta em nosso Sistema Solar, a girar em sentido horário, porque somos também o único que possui o livre-arbítrio de qualificar a energia de Deus, que é neutra para o positivo ou para o negativo, o que não mais acontecerá quando houver a mudança do pólo magnético e alinhamento do eixo da Terra que ficará vertical como o do Sol.

Fomos voluntários para viver estas grandes viagem, que nos tem ensinado a conviver com as polaridades positivo/negativo, bem/mal, feminino/masculino, dia/noite, Yin/Yang.

As profecias apocalípticas serviram como alertas, e foram sendo alteradas conforme a humanidade foi se voltando para o Grande Arquiteto, buscando auto-aperfeiçoamento e crescimento espiritual. Dependerá de quantos conseguirão crescer em Luz e Consciência, para que se evitem medidas drásticas no futuro próximo.
Provavelmente não corremos mais o risco de vivermos uma 3ª Guerra Mundial Global, (e sim conflitos localizados), o que acarretaria um possível uso de bombas nucleares, levando a uma segunda morte dos seres em evolução aqui, posto que a energia nuclear destrói os 4 corpos inferiores do homem, destruindo um planeta com todo seu registro akáshico.

Se cada planeta é uma célula de um sistema que por sua vez o é de um outro numa cadeia infinita, é obvio que as Hostes Celestiais não permitiriam que houvesse tamanha destruição, pois uma célula cancerígena comprometeria todo o organismo.
Como estamos, agora, vivendo duas dimensões ao mesmo tempo (terceira e quarta), também temos duas opções: ou nos identificamos com o medo e a ilusão de uma grande catástrofe ou elevamos nossa consciência e seguimos com a Luz! Cada um viverá o que escolher internamente!
Ocorrerão certamente, grandes mudanças em governos, religiões e ciências. Nesta hora da “virada”, devemos ter em mente o que Jesus nos disse há 2.000 anos: “Tu colherás o que semeastes…” e “É chegado o final dessa era…”

A verdade é que é cada vez maior o número de seres que trazem a energia Crística (que é coletiva), extraterrestres que estão nascendo em nosso planeta já há algumas décadas, que são altamente desenvolvidos e que chegam aqui conscientes (ou não) de seus locais de origem e de suas Missões dentro do Plano Divino para a Terra. Eles desempenharão um grande papel num futuro muito próximo em prol da humanidade e do planeta.

Se você ao ler este artigo sentiu em seu íntimo, ”algo” familiar por tudo que foi dito, é bem possível que você faça parte desses grupos de seres que se auto-convocaram para estarem aqui ajudando, de alguma forma, nessa transição planetária.

Portanto seria bom afirmar constantemente:

“EU SOU UM DEUS SEM AMNÉSIA, QUE ROMPEU COM A 3ª DIMENSÃO, AS ILUSÕES E A CULPA. EU SOU UM OBREIRO DA LUZ”!

… Sementes são exemplos que, se regados, crescerão com frondosas árvores dando frutos que alimentam o espírito e também sombra para o descanso da alma…

FIQUEM EM PAZ.

* Terceira dimensão:
Caracteriza-se pela tridimensionalidade de tempo, espaço e matéria. Em uma linguagem mais física, teríamos o ID, EGO e SUPEREGO, atuando na leitura humana do que rodeia e interage com o homem.
É o campo da manifestação das coisas pela ação.

** Quarta dimensão:
O espaço-tempo é mais linear; as coisas ocorrem muito mais depressa do que na terceira: tudo é mais sutil, desde as cores, o tempo, as emoções, até as manifestações físicas, que começam a serem exercidas com o poder da mente.

*** Quinta dimensão:
A manifestação do espaço-tempo vem do pensamento e da expressão do amor que emana de dentro. Quanto maior o alcance vibracional da pessoa, maior o poder de manifestar as coisas apenas com o poder do amor, mas, enquanto a consciência não atinge um nível suficientemente alto, ela deve aplicar a lei da ação para manifestar seu desejo de criar.

*Texto Parcial pela amiga Vera Helena (Merkabah e o Cinturão de Fótons)
Notas:

1) No ano 2.000, entramos no Cinturão de Fotons e na Quarta Dimensão;
2) O Cinturão de Fotons é o que os antigos gregos e romanos denominavam de a “Era Dourada” a “Era da Paz” – não haveria guerras, fomes, etc. apenas luz;
3) Em termos espirituais, o Cinturão de Fotons é a morada do Cristo; a radiação manásica é a eminência do Cristo;
4) A Zona Nula, é a área pré-transformacional, onde o antigo e o arcaico serão transmutados ou destruídos. É a separação do “Joio do Trigo”. Há uma intensidade progressiva de Luz.

Aos que chegaram até aqui e ainda questionan-se sobre a veracidade dos fatos frente a ciência, segue a explicação científica do que foi descoberto recentemente pela Nasa, no dia 10 de novembro de 2010.

Fermi detecta duas bolhas gigantescas de raios gama na Via Láctea

 

 

 

De um lado ao outro do céu as novas bolhas de raios-gama se estendem por 50.000 anos luz, isto é, metade do diâmetro da Via Láctea, nas direções dos pólos galácticos, como demonstrado nesta figura. Indícios das bordas destas bolhas foram primeiramente observadas em raios-X pelo satélite ROSAT, uma missão alemã que operou na década de 1990. Os raios gama mapeados pelo FERMI (cor magenta) se estendem muito alem do plano galáctico. Crédito: NASA’s Goddard Space Flight Center

O telescópio FERMI da NASA, um observatório espacial especializado na observação de raios gama, descobriu duas bolhas enormes, com tamanho estimado em cerca de 25.000 anos-luz cada, situadas acima e abaixo do bojo central da Via Láctea. Essa é uma estrutura até então desconhecida de nossa galáxia, que poderia consistir no remanescente de uma erupção do buraco negro central supermassivo galáctico.

“O que vemos aqui são duas bolhas que emitem raios gama e que se estendem por 25.000 anos luz, uma para o norte e outra para o sul, a partir do centro da nossa galáxia”, disse Doug Finkbeiner, astrônomo do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica em Cambridge (Massachusetts, EUA), que foi o primeiro a reconhecê-las. Contudo, “Nós ainda não entendemos completamente sua naturezas e origens.”

 

 

As bolhas contêm um espectro de energia mais alta que o brilho da radiação difusa de raios-gama comumente observado nos céus. Além disso, os dados do Fermi LAT mostram que as bolhas apresentam bordas bem definidas. Estas propriedades (alta energia e formato claro) sugerem que a estrutura foi causada por um evento cósmico violento e súbito. Crédito: NASA/DOE/Fermi LAT/D. Finkbeiner et al.

 

Gigantescas bolhas formam uma estrutura com 50.000 anos-luz

A estrutura da bolha abrange mais de metade do céu visível a partir da constelação de Virgem até a constelação do Guindaste e pode ter alguns milhões de anos de idade. O artigo com os resultados do estudo foi publicado no Astrophysical Journal.

Finkbeiner e sua equipe descobriram estas estruturas da galáxia quando eles processaram os dados públicos fornecidos pelo Telescópio de Grande Área (LAT, por sua sigla em Inglês) do observatório Fermi. O LAT é o detector de raios gama mais sensível e de maior resolução disponível existente atualmente. A radiação gama é a forma de luz mais energética existente.

Outros astrônomos que estudam os raios gama não haviam conseguido detectar as bolhas possivelmente devido ao nevoeiro que aparece em todo o céu, causado pelos raios gama. Este névoa difusa surge quando partículas que se deslocam a velocidades próximas à da luz interagem com a luz e o gás interestelar da Via Láctea.

 

Esta gigantesca estrutura de raios-gama foi descoberta a partir da análise dos dados do FERMI na faixa de 1 a 10 GeV, mostradas aqui. A concha de raios-gama emerge do centro galáctico e se espalha 50º para o norte e sul do plano galáctico da Via Láctea, da constelação de Virgem até a constelação da Grua. Crédito: NASA/DOE/Fermi LAT/D. Finkbeiner et al.

A equipe do LAT refina constantemente os modelos de descobrir novas fontes de raios gama obscurecidas por esta emissão difusa, como o fenômeno é tecnicamente chamado. Mediante ao uso de diversas estimativas da neblina, Finkbeiner e seus colegas foram capazes de isolar os dados LAT e revelar as bolhas gigantes galácticas.

Os cientistas já estão fazendo uma análise mais detalhada para entender melhor como essa estrutura, nunca antes percebida, verdadeiramente se formou. As emissões de radiação a partir bolhas são muito mais energéticas do que a névoa de raios gama vista em outras partes da Via Láctea. Além disso, as bolhas também parecem ter bordas bem definidas. A forma e a emissão sugerem que a estrutura formada como resultado de uma liberação grande e relativamente rápida de energia, embora a fonte ainda permaneça um mistério para os cientistas.

Jatos do buraco negro supermassivo galáctico?

Uma possibilidade interessante seria que a estrutura tenha se originado a partir de jorros de partículas gerados no buraco negro supermassivo no centro da galáxia. Em muitas outras galáxias, os astrônomos têm observado jatos de partículas ultra velozes alimentados pela matéria em acresção atraída por um buraco negro supermassivo central galáctico. Embora não haja uma evidência direta de que o buraco negro da Via Láctea emita atualmente esse tipo de jato, este evento pode ter acontecido no passado.

Resquícios de uma galáxia explosiva?

Outra explicação sugere que as bolhas podem também ser formadas como resultado de saídas de gás do bojo central galáctico, a partir de um processo violento de formação de estrelas (tais como vemos em galáxias explosivas), talvez o evento que produziu muitos aglomerados de estrelas massivas no centro da Via Láctea, há bilhões de anos.

“Em outras galáxias, vemos que as explosões de estrelas podem levar a enormes fluxos de saída de gás”, disse David Spergel, cientista da Universidade de Princeton, em Nova Jersey (EUA). “Qualquer que seja a fonte de energia que está por trás dessas bolhas enormes, a mesma está relacionada com as questões mais profundas da astrofísica.”

Algumas pistas sobre estas bolhas já haviam aparecido nos dados de duas sondas espaciais:

  1. Observações de raios-X do satélite alemão Roentgen sugeriram evidências sutis das bordas da bolha perto do centro galáctico ou na mesma orientação da Via Láctea.
  2. O satélite da NASA Wilkinson Microwave Anisotropy Probe (WMAP) encontrou um excesso de sinais de rádio na mesma posição onde encontraram as bolhas de raios-gama.

Consulte a página NASA’s Fermi Finds Giant, Previously Unseen Structure In Our Galaxy: Briefing Materials para acessar desenhos e filmes ilustrativos.

Elétrons movendo-se em velocidades relativísticas são uma importante fonte do brilho difuso de raios-gama na Via Láctea. São estes elétrons que fornecem os raios gama da estrutura em bolha detectada pelo FERMI. Quando um elétron relativístico se choca com um foton de baixa energia (rádio ou infravermelho), a colisão reduz a velocidade do elétron e transfere energia para o fóton gerando raios-gama. Credit: NASA/Goddard

Que estejamos prontos para um novo conceito de “natal”.
Gratidão por ter lido esta matéria até seu final, que este conteúdo gere uma reflexão profunda em sua alma, te fortaleça e permeie todo teu ser, a fim de que Tua Luz, receba o chamado, para brilhar.
Paz em todos os quadrantes.

Que estejamos prontos para um Novo Natal!

Quem quiser aprofundar:

http://webnaluz.blogspot.com/2010/11/aldomon-ferreira-expansao-da.html

Veja Também:

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s